Os Primeiros Erros por Ulisses Pereira

Este texto do qual deixo alguns excertos, se bem assimilado pode evitar com que cometa alguns erros, sem ter que pagar por eles, às vezes quantias demasiado caras.

Deixo aqui também um link para o nosso Curso de Bolsa, que para quem é iniciado pode dar algumas luzes para os primeiros passos nos mercados de acções.

Um dos erros mais comuns surge quando os investidores descobrem aquelas pessoas que consideram autênticos “gurus”. E se seguem as suas opiniões e as coisas lhes correm bem, sentem que encontraram ali o segredo do sucesso – seguir as opiniões daquele “guru”. Claro que se esquecem que todos erram, mas o problema não é as perdas que acabam por ter. O grande problema é que, quando fazemos um mau negócio, isso serve como processo de aprendizagem e percebemos onde é que o nosso raciocínio estava errado, permitindo evitar esse erro no futuro.

Quando negociamos, exclusivamente, com base nas opiniões dos outros, não sabemos porque perdemos dinheiro. Não sabemos onde falhou o nosso raciocínio, porque não foi sequer nosso. Pelo menos, sabemos que perdemos por termos seguido cegamente aquele “guru” e, apesar de o continuarmos a ler, começamos também a perceber que temos que pensar pela nossa própria cabeça.

Isso leva-os a cometer outro dos erros habituais dos “caloiros” nos mercados que é a compra de mais acções para baixar o preço médio. Ou seja, ao ver os títulos que compraram a cair, o investidor não aceita que a sua perspectiva esteja incorrecta e defende que o mercado é que está errado. Por isso, o investidor acredita que a queda das suas acções, em vez de ser um sinal de alerta, é uma oportunidade única para ganhar ainda mais dinheiro e, teimosamente, insiste na sua visão, o que geralmente costuma aumentar o valor das perdas.

 

In Jornal de Negócios por Ulisses Pereira

partilhar

Deixar uma resposta