A sua casa é um investimento?

Esta é uma questão em que a doutrina se divide. Será ou não a sua casa um investimento?
Claro que sem casa não consegue viver, logo por sí só é um bem indispensável, mas será que se pode chamar um investimento no sentido real da palavra? Senão vejamos, a casa em que vive gera despesa, não é um bem que lhe dê retorno como um depósito a prazo. Assim sendo a busca de investimentos deve ser realizada com este pressuposto, gerar retorno. A sua casa não gera nenhum retorno tangível.
Na minha análise, todos os investimentos geram mais receitas do que despesas, ou pelo menos têm tal objectivo. Podendo chamar a um investimento algo que ainda não gera mais retorno do que despesa mas tem esse objectivo e meta bem definido.

E a sua casa é um investimento? (Utilize os comentários abaixo para deixar a sua opinião).

partilhar

0 comments on “A sua casa é um investimento?”

  1. Pedro Pais Responder

    Ainda que concorde que dificilmente a habitação própria pode ser considerada um investimento, os motivos da minha opinião são substancialmente diferentes. Na realidade uma casa pode gerar um retorno, não no sentido de gerar “juros” mas no sentido de se poder valorizar. A questão é se esse retorno é positivo ou negativo, especialmente se comparado com a inflação. Há algum tempo escrevi um artigo interessante sobre isso http://www.pedropais.com/comprar-casa-sera-investir-441.html , onde facilmente se conclui que só em condições muito particulares se traduz num investimento com retorno positivo.

    De qualquer forma, é sempre um tema actual.

  2. Antiego Responder

    Essa leitura é demasiado simplista.

    É graças a raciocinios como estes que as pessoas são um desastre nas finanças pessoais.
    Esquece-se sempre um conceito básico em finanças: a poupança.

    Um investimento não se mede só pelo rendimento mas também pelo dinheiro que se poupa.
    Além do mais, se a palavra poupança fosse, por artes mágicas, abolida da economia, há ainda os conceitos de potencial (este mais lato) e activos.

    Um investimento também se mede não só pelo rendimento que não está a ter, mas que poderá vir a ter. E mede-se pelo seu valor no mercado.
    Enfim…

    • RSB Responder

      Olá Antiego,

      O Objectivo não era falar de poupança, mas sim do objecto casa própria como investimento.

      Gostaríamos no entanto de ouvir os seus pensamentos sobre a poupança. Se quiser enviar um artigo para admin@maisvalias.com será bem-vindo.

      Obrigado,

Deixar uma resposta