9 medidas que poderão ser implementadas

Muitas medidas foram já adiantadas pelos meios de comunicação social. Aqui lhe deixamos as nossas escolhas.

  1. Cortes nas pensões
    – Medida já prevista no PEC IV, cada vez mais provável
  2. Despedimentos mais ágeis
    – Largamente recomendado pelo FMI e pela CE
  3. Redução dos salários
    – Com a moeda única, acabamos por não ter o poder de deflação da moeda. Assim sendo a única forma de se baixar os preços é via redução de salários
  4. Mercado de arrendamento
    – Este mercado deverá sofrer alterações para facilitar despejos e medidas para tornar os as condições para quem arrenda mais atractivas.
  5. Corte de deduções e subida de impostos
    – Subida do IVA, subida do IRS e corte nas deduções e subsídios
  6. Redução do Subsidio de Desemprego
    – Poderá passar por várias medidas, desde a redução faseada até ao corte na duração
  7. Liberalização do mercado energético (Luz e Gás)
    – Vai significar um aumento na factura (Por alguma razão a Iberdrola ainda não entrou no mercado residencial)
  8. Privatizações – EDP, REN, TAP, etc.
  9. Redução de funcionários públicos

Estas são as nossas opções. E as suas quais são?

partilhar

Deixar uma resposta