Obrigações do Tesouro: empreste e ganhe em 6 meses

Tire partido dos dias de hoje e estude a possibilidade de comprar obrigações do Tesouro que vencem no curto prazo – 6 meses. Como? Investindo na dívida pública e emprestando dinheiro ao Estado.

Pode parecer estranho, pode desconfiar mas o facto é que os últimos números lançados pela entidade responsável pela gestão da tesouraria e da dívida pública (IGCP) (http://www.igcp.pt/) reforçam a ideia que esta tendência é viável.

Neste sentido, as obrigações do Tesouro que vencem no curto prazo tornam-se atractivas ao oferecem elevada remuneração (resultante da crise da dívida soberana na zona euro que criou uma escalada sem precedentes da yield destes títulos) e baixo risco (visto que estando ao abrigo da Troika, Portugal terá dinheiro para pagar aos credores).

A encaixar perfeitamente nesta descrição encontram-se as obrigações do Tesouro que vencem a 15 de Junho do próximo ano, esperando-se uma rendibilidade efectiva líquida de impostos e comissões, no vencimento, de 7,05% ou uma taxa interna de retorno (TIR) de 12,64%, para um investimento de 5000 euros.

partilhar

0 comments on “Obrigações do Tesouro: empreste e ganhe em 6 meses”

  1. Tiago Alves Responder

    Pedia a vossa ajuda.

    Como, exactamente, posso comprar OT a 6 meses?
    Através do banco?
    Ou aforro net?
    Obrigado pela anuda

    • JRibeiro Responder

      Caro Tiago Alves,
      Ao contrário dos Certificados de Aforro e do Tesouro que podem ser adquiridos nas estações do CCT ou através do serviço on-line AforroNet, a compra de Obrigações do Tesouro é feita com recurso a entidades bancárias ou a correctoras.
      Assim, recomendamos que procure junto do seu Banco a melhor oferta e esteja atento às comissões exigidas pelo Banco.
      Boa semana e Bom Ano.

Deixar uma resposta