Prepare-se para pagar menos pela prestação da sua casa

Segundo o Económico, passará a pagar menos, tendo a maior queda desde 2009. Para a maioria dos créditos a poupança vai chegar aos 25 euros mensais. Esta é assim uma boa notícia, para quem apresenta um orçamento mais reduzido. Para os que estão neste momento confortáveis, nada como iniciar uma poupança com esta verba que estará disponível no orçamento.

Enquanto os empréstimos indexados à taxa Euribor a três meses já reflectem as descidas do indexante desde Novembro, e os créditos indexados à Euribor a seis meses descem há três meses consecutivos, para quem como indexante a Euribor a 12 meses só agora volta a sentir um alívio na prestação mensal. Para estes casos a poupança chega mais cedo do que o inicialmente antecipado graças às descidas contínuas e pronunciadas das Euribor. As taxas interbancárias descem há 49 sessões consecutivas, nomeadamente desde 21 de Dezembro. Nesse dia o Banco Central Europeu (BCE) realizou o primeiro leilão com maturidade a três anos e com liquidez ilimitada, o que permitiu aos bancos europeus munirem-se de liquidez suficiente de modo a não ficarem reféns do mercado interbancário.

Tudo indica assim que 2012 traga algum alívio orçamental às famílias com crédito à habitação. Já para quem pretende obter financiamento para a compra de casa, as condições permanecem extremamente exigentes, principalmente devido aos elevados ‘spreads’ praticados pela banca e maiores exigências de garantias.

 

Fonte: http://economico.sapo.pt/noticias/prestacao-da-casa-vai-ter-a-maior-queda-desde-2009_139093.html

 

partilhar

Deixar uma resposta