20 Dicas para Poupar Mais (que Funcionam) – Parte 1

Poupar – Parte 1

Em tempos de crise, ouvimos com tanta frequência esta palavra que parece começar a perder significado. No entanto, é precisamente em alturas difíceis que devemos rever as nossas opções económicas e tentar salvaguardar a nossa posição financeira para o futuro. Talvez poupar não seja assim tão difícil. Veja as dicas que lhe deixamos a seguir e decida por si.

  • Registe cada despesa

Os consultores financeiros são unânimes – a melhor forma de controlar os seus gastos e poupar é saber, com a maior exactidão possível, onde gasta o seu dinheiro todos os meses. Existem várias opções: crie um orçamento familiar mensal; mantenha uma folha de cálculo com todas as suas despesas; ou compre software específico, que o poderá a ajudar a organizar a sua contabilidade pessoal.

  • Faça férias na época baixa

Tomemos como exemplo o Algarve. Os preços dos apartamentos em Maio, Junho e Setembro são uma fracção dos preços praticados em Julho e, principalmente, em Agosto. E, já agora, porque não ficar na casa de amigos/conhecidos? Ou optar por férias lowcost?

  • Refeições fora? Só em ocasiões especiais!

Os bens alimentares são bens de primeira necessidade e uma despesa diária inevitável, que rapidamente pode escalar. Portanto, pode poupar imenso dinheiro nesta frente se levar o seu almoço para o escritório em vez de ir almoçar/jantar fora. Da mesma forma, se optar por preparar as suas refeições em casa, verá que, no final do mês, as despesas com a alimentação são mais suaves.

  • Faça um downgrade ao seu carro.

Os condutores a braços com veículos com consumos exagerados de combustível poderão considerar vendê-lo ou trocá-lo por alternativas mais eficientes, que permitam poupar mais. Da mesma forma, será que precisa mesmo de conduzir o último modelo topo de gama de uma das marcas mais conhecidas? Poderá poupar em combustível e também no volume da sua prestação. Os empréstimos contraídos para compra de carro têm, muitas vezes, um peso extraordinário e excessivo no orçamento mensal.

  • Reduza a factura da electricidade

É bastante simples e, por vezes, nem nos apercebemos dos erros que cometemos e que, no final do mês, fazem com que a factura suba: compre lâmpadas economizadoras de energia; baixe o termostato; desligue o ar condicionado sempre que possível; não deixe as luzes ligadas e desligue os electrodomésticos e equipamentos electrónicos da ficha quando estes não estão em uso.

  • Garanta que tem os seguros necessários

Um seguro de vida é algo completamente supérfluo se não tiver dependentes, por exemplo. Os seguros de saúde, por exemplo, podem ser uma despesa desnecessária para as pessoas que apenas vão ao médico fazer o seu check-up anual. Reveja as suas opções.

  • Poupe nas bebidas.

Se não passa sem a dose diária de cafeína, uma das melhores opções é considerar reduzir os custos com este hábito. Com a utilização generalizada de máquinas de café em casa, saiba que as máquinas de cápsulas podem não ser a melhor opção em termos financeiros e que pode encontrar alternativas com café moído muito mais económicas. Para as bebidas alcoólicas, pode encontrar vinhos, cervejas e outras bebidas a preços baixos se pesquisar um pouco.

  • Analise o seu serviço de telecomunicações.

Precisa de uma linha fixa e de uma linha móvel? Se tem telemóvel, será que precisa de ter subscrito o pacote para ter Internet no aparelho? O cancelamento de uma das linhas significa menos uma despesa no final do mês. A maior parte das pessoas subscrevem serviços demasiado caros para as suas necessidades.

  • Analise a sua conta de televisão por cabo.

Pense um pouco: será que precisa mesmo dos canais desportivos, canais infantis e canais de cinema? A redução na factura pode ser significativa apenas com a redução de um destes serviços premium.

  • Conduza menos: consolide as viagens.

Pense antes de saltar para dentro do carro. Se planear as suas viagens e se fizer várias coisas apenas numa viagem, pode reduzir os gastos com gasolina. E se utilizar os transportes públicos? Ou utilizar a bicicleta? E que tal uma caminhada até ao supermercado?

Para as restantes dicas, consulte o nosso artigo “20 Dicas para Poupar Mais (que Funcionam) – Parte 2

partilhar

0 comments on “20 Dicas para Poupar Mais (que Funcionam) – Parte 1”

  1. Pingback: 20 Dicas para Poupar Mais (que Funcionam) – Parte 2 | Maisvalias

Deixar uma resposta