Trabalhadores Independentes Descontam 30,7% para a Segurança Social (corr.)

Os trabalhadores independentes passarão a descontar 30,7% para o sistema de Segurança Social. No regime anterior, pagavam já 29,6% de contribuição.

Os vulgos “Recibos Verdes” serão também abrangidos pelos aumentos anunciados pelo Governo na Taxa Social Única (TSU). O aumento de 2,1% irá aumentar a contribuição paga por estes contribuintes à Segurança Social para os 30,7%, segundo anunciou o Governo nas declarações realizadas hoje.

Durante a conferência de imprensa dedicada a explicar os resultados da 5.ª Avaliação da Troika, o secretário de Estado da Administração Pública, Hélder Rosalino, afirmou que “a taxa de contribuição [da Segurança Social] dos trabalhadores independentes evoluirá dos 29,6 por cento para os 30,7 por cento. Serão todos chamados a contribuir.”

Assim, em solidariedade com o aumento geral nas contribuições de 34,75% para 36% (18% a pagar por cada uma das partes, empregador e trabalhador), todos os rendimentos de trabalho serão afectados pela subida nas contribuições para a Segurança Social. Durante o discurso de Pedro Passos Coelho na sexta-feira, não tinha ficado claro se os trabalhadores independentes ficariam abrangidos pelos aumentos. As declarações efectuadas hoje acabaram por esclarecer todas as dúvidas.

partilhar

0 comments on “Trabalhadores Independentes Descontam 30,7% para a Segurança Social (corr.)”

  1. Pedro Responder

    Verifiquem a informação por favor. Já ouvi em diversos serviços noticiosos que a taxa sobe para 30,7 e não 31,7% conforme publicaram.

    Cumprimentos.

Deixar uma resposta