800 Mil escapam às alterações na TSU

Alteração à TSU

Segunda a imprensa nacional, o Governo, liderado por Pedro Passos Coelho, parece estar a recuar no aumento da Taxa Social Única (TSU), uma das novas medidas de austeridade mais contestada pela oposição, parceiros sociais e portugueses em geral.

Reformulação da TSU

A ideia é que os salários até 700 euros brutos mensais escapem aos cortes. Com esta medida, cerca de 800 mil trabalhadores, entre setor público e privado, não serão sujeitos a aumento das contribuições. Por outro lado espera-se, ainda, que o aumento dos sete pontos percentuais seja feito de forma progressiva de modo a que apenas os salários mais elevados sejam afetados com a taxa máxima.

Para quando a reformulação da TSU?

É intenção do Governo que esta alteração no modelo da TSU esteja acordada antes do Conselho de Estado que o Presidente da República, Cavaco Silva, marcou para a próxima sexta-feira.

partilhar

Deixar uma resposta