IRS 2013 – Aumento das taxas para 2013

Em sede de concertação social, foram traçadas as linhas gerais sobre o que será feito para substituir o aumento da taxa social única (TSU).

Pelas declarações dos intervenientes, obtemos que na TSU ficará tudo como anteriormente e teremos um acréscimo de impostos em sede de IRS. Este aumento deverá ser progressivo como tem sido hábito.

Isto irá traduzir-se na mesma conta, o estado precisa de ir buscar 1,25% (diferença da subida para trabalhadores e descida para empresas) de impostos aos trabalhadores por conta de outrém (privado). Teremos então um aumento de impostos, que deverá ser progressivo. Uns pagarão zero e outros acima de 1,25%.

Os rendimentos de capitais deverão ver a taxa agravada superior aos 26,5% que já tinham sido anunciadas.

Os cortes dos subsídios cortados aos reformados e pensionistas, deverão ser devolvidos parcialmente em 2013.

Estas informações são meramente informativas e foram recolhidas na imprensa nacional.

partilhar

Deixar uma resposta