Fatura do gás natural vai baixar

A inauguração de ontem da expansão do terminal de Gás Natural Liquefeito (GNL) da REN, em Sines, vai permitir, ao consumidor final, poupar na fatura do gás natural. De acordo com o secretário de Estado da Energia, Artur Trindade, presente na inauguração, esta redução deverá acontecer brevemente e, também, beneficiará a indústria e as empresas.

Em causa está o mercado spot

A explicação para esta redução dos preços do gás natural advir da expansão do terminal é simples e foi explicada pelo próprio Presidente da REN, Rui Cartaxo, ao site Dinheiro Vivo: “A construção do terceiro tanque aumenta a capacidade de armazenagem o que permite ter mais acesso ao mercado spot, onde as diferenças de preço são muito grandes [quando comparadas com os contratos de longo prazo] e isso representa uma melhoria dos preços”, explica, finalizando de seguida “existem dois mercados de gás natural em Portugal. Um deles é dos contratos de muito longo prazo com preços indexados ao petróleo e o outro é o mercado spot, onde há gás mais barato. Mas para isso são precisos terminais para o guardar e este agora permite isso”.

Neste momento já se encontram vários operadores a utilizar o mercado spot no novo terminal (que apesar de inaugurado ontem já opera desde Maio) e outros há que já formalizaram o pedido para o fazerem o que faz acreditar numa breve descida dos preços na fatura do gás natural.

partilhar

Deixar uma resposta