Automóveis – Quebra Continua em Setembro de 2012

A ACAP divulgou ontem os dados relativos às vendas de automóveis em Setembro de 2012. Segundo os dados deste organismo, as vendas de automóveis ligeiros de passageiros fixaram-se em 6358, o que representa uma quebra de 30,9% e um dos níveis mais baixos de sempre.

Automóveis ligeiros de passageiros

Se considerarmos também os dados desde o início do ano, de Janeiro a Setembro de 2012 foram vendidos um total de 74461 automóveis ligeiros de passageiros. Tal número corresponde a uma queda de 39,7% em comparação a período homólogo no ano passado.

Novamente, a Associação Automóvel de Portugal chama a atenção para a situação dramática que estes números produzem no sector de vendas automóveis. Por esse motivo, a ACAP “exige do Governo a reintrodução do Plano de Incentivos ao Abate de Veículos em Fim de Vida.” Acrescenta ainda que no país vizinho o governo decidiu introduzir um plano semelhante, mesmo que o mercado espanhol enfrente uma quebra menos acentuada.

Automóveis Comerciais Ligeiros

A situação é ainda mais dramática neste sub-sector, sendo que a quebra registada foi de 54.1%, correspondendo a 1119 veículos.

Nos primeiros nove meses de 2012, o mercado dos automóveis comerciais ligeiros registou uma quebra de 55,1% face a período homólogo. Assim sendo, foram vendidas 10823 unidades novas.

Veículos Pesados

Este mercado foi o único que registou crescimento – 13,1%, mais precisamente – em Setembro de 2012. Abrange os veículos pesados de passageiros e de mercadorias. Não obstante e em termos acumulados, nos primeiros nove meses do ano, as vendas totalizaram 1519 unidades, o que se traduz numa queda de mercado de 38,6% se compararmos com as vendas de veículos em igual período em 2011.

Poderá consultar o comunicado de imprensa da ACAP aqui.

 

partilhar

Deixar uma resposta