Duração do subsídio de desemprego mantém-se

Governo não mexe na duração do subsídio de desemprego nem na cláusula de salvaguarda

Depois de muitas informações contraditórias acerca da duração do subsídio de desemprego, Pedro Mota Soares, ministro da Solidariedade e Segurança Social, garantiu hoje, no Parlamento, que o Governo não vai mexer na duração do subsídio de desemprego nem, tão pouco, na cláusula de salvaguarda que garante que os atuais trabalhadores tenham direito a uma prestação mais longa.

Garantia dada hoje no Parlamento

Como referido, esta garantia dada pelo ministro ocorreu no hoje Parlamento. “Garantimos efetivamente que esta matéria não vai ser alterada. Não vamos tocar na cláusula de salvaguarda…nem na duração do subsídio de desemprego“, afirmou na altura Pedro Mota Soares.

Relatório do FMI indiciava o contrário

Esta afirmação acaba por contrariar o relatório do FMI sobre a quinta avaliação do programa de ajustamento financeiro de Portugal, que indicava que a reforma do subsídio de desemprego seria aplicada a todos os futuros desempregados, o que poderia antever que o Governo iria eliminar a cláusula de salvaguarda.

partilhar

Deixar uma resposta