Quem e como aceder ao novo regime extraordinário do crédito à habitação?

O novo regime extraordinário do crédito à habitação

A entrada do novo regime extraordinário do crédito à habitação oferece benefícios às famílias em situação económica difícil, designadamente na reestruturação de créditos.

Interessa, portante, saber quem e como pode aceder ao novo regime extraordinário do crédito à habitação. Os requisitos a cumprir são os seguintes:

  • o crédito em causa terá de  ser referente à habitação permanente e única habitação do agregado familiar;
  • o valor do imóvel não pode exceder os 90.000, 105.000 e 120.000 dependendo do coeficiente de localização;
  • o crédito à habitação não pode ter outras garantias reais ou estar garantido por fiador, a não ser que este se encontre, também, em situação económica difícil;
  • pelo menos um dos beneficiários terá de estar desempregado há mais de três meses ou com redução de rendimento anual bruto do agregado familiar igual ou superior a 35%;
  • valor total do património financeiro do agregado familiar não pode ser superior a metade do rendimento anual bruto do agregado;
  • valor do rendimento anual bruto do agregado familiar com limites. Estes limites estão indexados ao salário mínimo nacional e variam consoante a composição do agregado.

Fonte: Económico.

Aceda aqui à notícia na íntegra.

partilhar

Deixar uma resposta