Bancos impedidos de aumentar o "spread" – Condições para empréstimos mudaram. Saiba o que mudou

Condições para os empréstimos à habitação mudaram e os bancos estão proibidos de aumentar o “spread”

 A partir de hoje, os bancos estão proibidos de aumentar o “spread” a famílias que queiram arrendar a casa ou cujo empréstimo seja renegociado por causa de divórcio.

No entanto, estes impedimentos legais estão sujeitos a condições. No caso do arrendamento da casa, aplica-se nos casos em que haja mudança de local de trabalho de pelo menos 50km, ou um dos membros da família tenha ficado no desemprego.

Os bancos não podem ainda aumentar encargos na renegociação do contrato em caso de divórcio, separação ou morte de um dos cônjuges, mas também aqui existe uma condicionante: a instituição apenas não pode subir a margem se quem ficar como titular do empréstimo comprovar que a prestação representa uma taxa de esforço superior a 55% dos seus rendimentos ou 60% num agregado com dois ou mais dependentes.

Para obter mais informações sobre a matéria “As condições para os empréstimos à habitação mudaram”, recomendamos a leitura de um artigo do site Dinheiro Vivo. Aceder aqui.

 

partilhar

Deixar uma resposta