8% dos reformados passam a pagar Contribuição Extraordinária de Solidariedade

O número de reformados que pagam a Contribuição Extraordinária de Solidariedade (CES) aumentará no próximo ano de 2500 para 272200, isto é um aumento de cerca de 10000% na base de pessoas tributadas.

Estarão sujeitas a este imposto, caso seja aprovado o OE2013, pensionistas com reformas superiores a 1350€ e não apenas a reformas pagas pelo estado. Exemplo disso é o alargamento aos pagamentos de reformas dos bancários e advogados, pelo menos também à parte destes que é pago pelo sistema particular de cada um deles.

reformados

O aumento de receitas previsto resultante desta medida é de 5613%, que em número é uma passagem de 7,5 para 421 milhões de euros. Estes números não devem errar por muito visto que o número de reformados e as respectivas reformas não devem baixar exponencialmente.

Esta note-se é uma medida de corte no rendimento disponível e afetará mais uma vez o consumo no próximo ano.

 

partilhar

Deixar uma resposta