Recibos verdes passam a faturas eletrónicas

Recibos verdes passam a chamar-se faturas eletrónicas já a partir de 1 de janeiro de 2013

Segundo a edição de hoje do Correio da Manhã, a partir de 1 de janeiro, os recibos verdes passam a chamar-se faturas eletrónicas ou e-facturas, sem custos para o contribuinte. Segundo a mesma fonte este regime já terá sido comunicado ao fisco e entrará em vigor já no primeiro dia do ano.

O objetivo será o de acabar com a discussão que envolve os profissionais liberais e que questiona a sua existência.

A conversão dos recibos verdes em faturas eletrónicas não implica nenhum custo adicional para o contribuinte e a sua emissão continua a ser feita através do Portal das Finanças.

Os comprovativos das rendas, quer para os sujeitos não-passivos de IVA como para os sujeitos passivos de IVA, continuam a ser feitos em papel.

transferir

partilhar

Deixar uma resposta