Nova nota de 5 euros – Esclarecimento do Banco de Portugal (act.)

Perante os casos de burla já relatados pela comunicação social, o Banco de Portugal explica-lhe o que precisa de fazer (ou não fazer) com a entrada em circulação da nova nota de cinco euros.

Neste sentido:

  1. “A nova nota de 5 euros apenas entrará em circulação a partir do dia 2 de maio de 2013, em Portugal e nos restantes países da área do euro.
  2. A nova nota de 5 euros será colocada em circulação pelo Banco de Portugal, através dos balcões das instituições bancárias e dos caixas automáticos.
  3. Os cidadãos não precisam de trocar quaisquer notas. As atuais notas de cinco euros nunca perderão o seu valor.
  4. A nova nota de 5 euros circulará ao mesmo tempo que a atual nota de 5 euros. Ou seja, os cidadãos poderão utilizar as duas notas de 5 euros.
  5. Os cidadãos devem comunicar às autoridades os casos em que alguém se apresente para recolher notas em nome do Banco de Portugal ou de qualquer instituição bancária, pois trata-se certamente de uma tentativa de burla.
  6. A nova nota de 5 euros faz parte de uma nova série de notas de euro, a série “Europa”. As novas notas de euro serão colocadas em circulação gradualmente, ao longo de vários anos, por ordem crescente de denominação. A data de introdução destas notas ainda não é conhecida.”

Por isso, fique atento e não caia no conto do vigário.

Fonte: http://www.bportugal.pt/pt-PT/OBancoeoEurosistema/ComunicadoseNotasdeInformacao/Paginas/combp20130315.aspx

partilhar

Deixar uma resposta