Fevereiro 2013 – prestação da casa continua a descer para novos mínimos

A taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação fixou-se em 1,483%

Segundo dados ontem revelados pelo Instituto Nacional de Estatística – INE – os juros dos créditos à habitação atingiram novos mínimos em fevereiro, continuando prestação da casa a descer no referido mês, fixando-se em média, nos 261€, o que reflete a  queda da taxa de juro implícita no crédito à habitação para 1,483%.

Eis o resumo dos dados ontem divulgado pelo INE:

A taxa de juro implícita no conjunto dos contratos de crédito à habitação fixou-se em 1,483% em fevereiro, o que se traduziu numa redução de 0,054 pontos percentuais (p.p.) relativamente à taxa observada no mês anterior. A prestação média vencida para a globalidade dos contratos situou-se em 261 euros, diminuindo 2 euros comparativamente com o valor observado no mês de janeiro.
Nos contratos celebrados nos últimos 3 meses, a taxa de juro implícita diminuiu 0,049 p.p. relativamente à taxa observada no mês anterior, tendo-se fixado em 3,247%.

Aceda aqui aos dados completos apresentados pelo INE.

images

partilhar

Deixar uma resposta