Miguel Relvas pede a demissão

Segundo noticiam diversos órgãos de comunicação, Miguel Relvas pediu a demissão do cargo de ministro dos Assuntos Parlamentares. Relvas deverá fazer ainda hoje uma declaração ao país a explicar a sua saída do Governo.

No entanto, segundo as notícias agora a circular, a saída de Miguel Relvas estará relacionada com as conclusões do relatório de inspeção sobre a sua licenciatura na Universidade Lusófona, que está sob análise do ministro Nuno Crato há dois meses e só hoje deverá ser tornado público. As conclusões desse processo deverão levar à retirada da licenciatura a Miguel Relvas.

Perante este cenário Miguel Relvas manifestou a Passos Coelho o desejo de que a sua saída do Governo fosse demarcada de uma remodelação que poderá acontecer depois de anunciada a decisão do Tribunal Constitucional.

Desde o início do mandato deste Governo que Miguel Relvas se assumiu como um dos homens fortes de Passos Coelho, mas estava há muito sob pressão para abandonar o Executivo, inclusivamente pelo CDS, partido da coligação.

Miguel Relvas

Miguel Relvas

 

partilhar

Deixar uma resposta