Depósitos a prazo – inflação nula igual a rendimentos reais positivos

O Jornal de Negócios publicou hoje um artigo, na sua versão online, sustentado em dados revelados pela Deco Proteste, onde conclui que se se confirmar as recentes previsões da OCDE, onde a inflação em Portugal para este ano será nula, “todos os depósitos a prazo proporcionam rendimentos reais positivos”. No entanto, terá sempre de saber escolher as melhores taxas, pois as ofertas variam entre 0,1% e 3% para o prazo de um ano.

Melhores ofertas

Depósitos a prazo: até 3%

É no Privatbank que encontra a melhor remuneração para um depósito a doze meses (3% líquidos), seguido do Invest que propõe 2,7% aos novos montantes. O Finantia oferece 2,5%, mas exige um mínimo de aplicação de 50 mil euros.

Pode consultar as melhores taxas para depósitos por prazos superiores (até 10 anos) em: www.deco.proteste.pt/investe/depositos-a-prazo.

Certificado de aforro: 2,3%

Em junho, a taxa dos Certificados mantém-se nos 2,3% líquidos. É uma aplicação que a PROTESTE INVESTE recomenda, especialmente a quem pretende investir pequenos montantes a curto e médio prazo e não quer correr riscos.

Pode encontrar um simulador para calcular o rendimento obtido em Certificados em: deco.proteste.pt/investe/calculadora-certificados-aforro.

Obrigações do tesouro: até 4%

Para aplicações de médio e longo prazo, entre quatro a dez anos, com o capital garantido e baixo risco recomendamos o investimento em Obrigações do Tesouro. O rendimento varia entre 3% a 4% líquidos. A desvantagem é que, só tem a garantia de capital e rendimento se mantiver o investimento até à maturidade, caso contrário sujeita-se à cotação de mercado e, nesse caso, corre o risco de não ter qualquer rendimento e mesmo de perder parte do que investiu. Além disso, recomendamos um mínimo mínimo de 2500 euros devido aos custos da operação de bolsa.

Pode fazer simulações de rendimento em: deco.proteste.pt/investe/calculadora-obrigacoes-tesouro e também acompanhar a evolução da rentabilidade das Obrigações de Tesouro.

Fonte: Deco Proteste.

OriginalSize$2013_06_11_09_47_40_201880

partilhar

Deixar uma resposta