Corte nas pensões de sobrevivência já no início de 2014

Pedro Mota Soares, ministro da Solidariedade, Emprego e Segurança Social confirmou hoje o corte, em 2014, nas pensões de sobrevivência, quando acumuladas com uma segunda reforma.

No entanto, o ministro não revelou o nível em que se começarão a aplicar os cortes, garantindo apenas que as pensões mais baixas não serão afetadas.

Pedro Mota Soares afirmou que este corte permitirá ao Estado poupar cerca de 100 milhões.

partilhar

Deixar uma resposta