Governo aumenta contribuição da ADSE para os 3,5%

A Ministra de Estado e das Finanças, Maria Luís Albuquerque, anunciou ontem, em conselho de ministros, que o governo vai propor aos parceiros sociais o aumento da contribuição da ADSE para os 3,5% do salário bruto de cada trabalhador.

Já hoje, ainda relativamente a esta matéria, o Diário Económico afirma que o governo prepara agora uma nova subida que pode acontecer já em março. Essa nova contribuição passaria dos citados 3,5%  para 3,75% no futuro.

Eis o excerto do comunicado oficial do conselho de ministros.

O Conselho de Ministros decidiu ainda avançar com a proposta de aumento de 1% dos descontos a efetuar pelos beneficiários dos subsistemas ADSE, Assistência na Doença aos Militares (ADM) e da Divisão de Assistência na Doença (SAD), que será agora objecto de apreciação com os representantes sindicais e associativos dos beneficiários.

Esta alteração visa que os subsistemas de proteção social no âmbito dos cuidados de saúde sejam autofinanciáveis, isto é, assentes nas contribuições dos seus beneficiários, e tem por pressuposto o seu carácter voluntário, para onde evoluirão também o ADM e os SAD.

Aceda aqui ao comunicado completo do conselho de ministros de 9 de janeiro de 2014.

ADSE

 

 

partilhar

Deixar uma resposta