Desemprego – Lisboa é a região de Portugal com maior taxa de desemprego

Segundo dados hoje revelados pelo Eurostat, em 2013 Lisboa era a região portuguesa com maior taxa de desemprego (18,5%), mas longe dos piores números europeus, seguindo-se a Madeira (18,3%), o Algarve (17,1%), os Açores (17,0%), o Alentejo (16,8%), o Norte (16,2%) e, na melhor posição, o Centro (11,7%), mas também distante das melhores prestações.

Regiões com melhor e pior taxa de desemprego na UE em 2013 (em %):

Melhor: 1 – Oberbayern (Alemanha) 2.6

2 – Freiburg (Alemanha) 2.9

3 – Salzburg (Áustria) 2.9

Pior: 1 – Andaluzia (Espanha) 36.3

2 – Ceuta (Espanha) 35.6

3 – Melilla (ES) 34.4

Regiões com melhor e pior taxa de desemprego jovem na UE em 2013 (em %):

Melhor: 1 – Tübingen (Alemanha) 4.4

2 – Oberbayern (Alemanha) 4.4

3 – Freiburg (Alemanha) 4.7

Pior: 1 – Ceuta (Espanha) 72.7

 2 –  Dytiki Makedonia (Grécia) 70.6

3 – Ipeiros (Grécia) 67.0

A maior percentagem de desemprego jovem, em Portugal, foi registada na Madeira (51,5%), seguindo-se Lisboa (45,5%), os Açores (39,6%), o Algarve (39,5%), o Alentejo (38,9%), o Norte (35,1%) e o Centro (31%), enquanto a média nacional foi de 37,7%.

Regiões com melhor e pior taxa de desemprego de longa duração na UE em 2013 (em %):

Melhor: 1 – Övre Norrland (Suécia) 12.4

2 – Mellersta Norrland (Suécia) 13.1

3 – Norra Mellansverige (Suécia) 16.3

Pior: 1 – Guadalupe (França) 79.5

2 – Guiana (França) 77.6

3 – Východné Slovensko (Eslováquia) 74.9.

Em Portugal a Madeira era a região que tinha mais desempregados de longa duração (64,1%), seguindo-se o Norte (58,7%), os Açores (58%), Lisboa (57,3%), o Alentejo (53%), o Centro (50,5%) e o Algarve (50,1%).

Consulte aqui os dados completos do Eurostat.

taxa de desemprego

 

partilhar

Deixar uma resposta