Saiba quais as principais causas de morte em Portugal

Doenças do aparelho circulatório, com 30,4% dos óbitos registados, e os tumores malignos, com 23,9% foram as duas principais causas de morte em Portugal, no ano de 2012, segundo os dados hoje revelados pelo INE.

Resumo
As duas principais causas de morte em 2012 foram as doenças do aparelho circulatório, com 30,4% dos óbitos registados no país, e os tumores malignos, com 23,9%. As doenças do aparelho circulatório afetaram sobretudo as mulheres (77,9 óbitos masculinos por cada 100 femininos), ao contrário dos tumores malignos, mais frequentes nos homens (148,0 óbitos masculinos por cada 100 femininos).
As doenças do aparelho respiratório e a diabetes mellitus estiveram na origem de 12,9% e 4,5% das mortes em 2012.
Apesar de as mortes devidas a causas externas de lesão e envenenamento constituírem cerca de 4% da mortalidade em 2012, afetaram com maior frequência pessoas mais jovens, representando em média uma perda de 22,9 anos potenciais de vida. Também estas causas afetaram substancialmente mais homens do que mulheres (219,5 óbitos masculinos por cada 100 femininos).

Mais informações: Aqui

risco de morrer

partilhar

Deixar uma resposta