Maio 2014 – Indicadores de atividade e de clima económico voltam a recuperar

O INE publicou hoje os dados da Síntese Económica de Conjuntura – Maio 2014 – revelando que os “indicadores de atividade e de clima económico voltam a recuperar. Exportações e Importações nominais de bens diminuem”.

Resumo 
Em maio, os indicadores de sentimento económico e de confiança dos consumidores da Área Euro (AE) voltaram a aumentar, de forma expressiva no segundo caso. No mesmo mês, os preços das matérias-primas e do petróleo apresentaram variações em cadeia de -0,2% e 2,3% (1,2% e 0,3% em abril), respetivamente.
Em Portugal, o indicador de clima económico voltou a recuperar em maio, fixando o valor mais elevado desde setembro de 2010. O indicador de atividade económica aumentou em abril. A informação proveniente dos Indicadores de Curto Prazo (ICP) revelou uma diminuição homóloga da atividade económica nos serviços, na construção e obras públicas e na indústria em abril. O indicador quantitativo do consumo privado apresentou um crescimento homólogo mais expressivo em abril, refletindo sobretudo o aumento do contributo positivo da componente de consumo duradouro. No mesmo mês, o indicador de FBCF registou uma diminuição menos acentuada, principalmente devido ao contributo positivo mais significativo da componente de material de transporte. Relativamente ao comércio internacional de bens, em termos nominais, as exportações e importações apresentaram variações homólogas de -0,8% e -0,1% em abril (1,5% e 5,5% no mês anterior), respetivamente. 
O Índice de Preços no Consumidor (IPC) apresentou uma variação homóloga mensal de -0,4% em maio (-0,1% em abril), observando-se taxas de -1,2% na componente de bens (-1,0% no mês anterior) e de 0,7% na de serviços, menos 0,3 pontos percentuais (p.p.) que em abril. A taxa de variação homóloga mensal do Índice Harmonizado de Preços no Consumidor (IHPC) foi inferior em 0,8 p.p. à da AE em abril e maio (inferior em 0,9 p.p. em março).

Mais informações: Aqui.

Zemanta Related Posts Thumbnail

partilhar

Deixar uma resposta