Crescimento da economia portuguesa abrandou

O INE publicou hoje os dados relativos às estimativas rápidas das contas nacionais trimestrais mostrando que a economia portuguesa cresceu 0,2% no terceiro trimestre e 1,0% face a igual período de 2013. No entanto, o ritmo de crescimento da economia portuguesa abrandou do segundo para o terceiro trimestre.

Resumo
O Produto Interno Bruto (PIB) registou, em termos homólogos, um aumento de 1,0% em volume no 3º trimestre de 2014, após a variação de 0,9% observada no 2º trimestre, de acordo com a estimativa rápida das Contas Nacionais Trimestrais. A procura interna apresentou um contributo positivo mais intenso para a variação homóloga do PIB no 3º trimestre, refletindo sobretudo a evolução das Despesas de Consumo Final das Famílias Residentes. A procura externa líquida registou um contributo negativo mais significativo no 3º trimestre, devido à aceleração das Importações de Bens e Serviços, tendo as Exportações de Bens e Serviços apresentado um crescimento próximo do verificado no trimestre anterior.
Comparativamente com o trimestre anterior, o PIB aumentou 0,2% em termos reais (variação de 0,3% no 2º trimestre), devido principalmente ao aumento das Despesas de Consumo Final das Famílias Residentes.

Mais informações aqui.

Zemanta Related Posts Thumbnail

partilhar

Deixar uma resposta