Aprovado em Conselho de Ministros Subsídio de Renda

Foi aprovado, segundo o Jornal de Negócios, um subsídio de renda que:

 vai cobrir a diferença entre a nova renda e o valor que, de acordo com os rendimentos do agregado, se considera que o inquilino pode suportar.

O subsídio poderá aplicar-se aos arrendamentos actuais, permitindo aos arrendatários manterem-se na mesma habitação onde já residem ou, em alternativa, ser utilizado num novo contrato de arrendamento.

De acordo com o comunicado do Conselho de Ministros, o subsídio será equivalente ao “diferencial entre a nova renda e a renda que pode ser suportada pelo arrendatário com base no seu rendimento”.

Neste momento apenas nos podemos basear na notícia do JN, mas actualizaremos a mesma logo que seja publicado online o comunicado de conselho de ministros.

 

partilhar

Deixar uma resposta