Reembolso parcial de impostos sobre combustíveis

Reembolso parcial de impostos sobre combustíveis – condições de aplicação.

Foi publicada, em Diário da República, a Portaria n.º 246-A/2016, que “estabelece as condições e os procedimentos do regime de reembolso parcial de impostos sobre combustíveis para empresas de transportes de mercadorias”. Entretanto, a Autoridade Tributária e Aduaneira – AT publicou o Ofício-Circulado n.º 35060 para esclarecer algumas instruções de aplicação do reembolso parcial de impostos sobre combustíveis.

  • Reembolso parcial de impostos sobre combustíveis – veículos abrangidos

– Matriculados num Estado membro da UE;

– Tributados na categoria D do Imposto Único de Circulação (IUC), ou veículos de outros Estados membros da UE, nas mesmas condições;

– Com um peso total em carga igual ou superior a 35 toneladas;

– Afetos ao transporte público de mercadorias por conta de outrem, a título oneroso;

– Que efetuem abastecimentos através de cartões frota emitidos pelas petrolíferas nacionais ou emitidos no estrangeiro e aceites em território nacional.

  • Valor do reembolso

O montante a reembolsar aos adquirentes é de 0,126€ / litro de gasóleo rodoviário abastecido (abastecimentos de gasóleo rodoviário até ao limite de 30.000 litros por veículo abrangido e por ano civil).

  • Requisitos

– Seja licenciado como empresa de transporte de mercadorias; –

– Tenha sede ou estabelecimento estável num estado membro da UE;

– Seja proprietário, locatário financeiro ou locatário em regime de aluguer sem condutor do veículo elegível abastecido.

Para mais informações aceda aqui ao ofício da AT.

combustiveis

partilhar

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.