O que fazer à indemnização por despedimento?

Um dos artigos mais populares do mais-valias prende-se com as indemnizações por despedimento. Neste artigo vamos procurar dar algumas luzes sobre o que fazer ao dinheiro da indemnização.

Faça um diagnóstico

Se teve a infelicidade de perder o seu emprego é tempo de atacar o problema. Fazer um diagnóstico da sua situação atual, perceber onde gasta o dinheiro e ver se existe espaço no seu orçamento familiar para se ajustar a uma nova situação financeira. Analisar também as suas poupanças e perceber como está o seu fundo de emergência.

Perceba quanto irá receber de subsídio de desemprego

As regras de subsídio de desemprego vão alterando com alguma regularidade. Assim, é fundamental que conheça qual será o valor do subsídio de desemprego (se é que tem direito a ele). De seguida, comparar o valor do subsídio com o valor dos seus encargos essenciais e perceber se ainda assim está em situação de défice ou de superávite. Com alguns ajustes poderá mesmo assim manter-se “no verde”. Por exemplo, poderá pensar na consolidação dos seus créditos ou na renegociação dos seus seguros como forma de poupar. Veja também se algum dos créditos que tem atualmente tem o seguro de proteção em situação de desemprego.

Planeie como gastar o subsídio

O recebimento de uma quantia financeira fora do normal poderá mexer consigo. Sabemos sempre onde podemos gastar o dinheiro e encontramos sempre algo essencial. No entanto, quando estamos desempregados deveremos diluir o dinheiro da indemnização para garantir que a família não passará por dificuldades financeiras. É certo que nos dias que correm encontrar emprego não está tão difícil mas mesmo assim podemos ficar vários meses sem esta fonte de rendimento.

Onde aplicar o dinheiro?

Visto que irá precisar do dinheiro com alguma regularidade e não sabendo durante quanto tempo, deverá colocar o seu dinheiro numa conta bancária que seja segregada da sua conta à ordem (para evitar que gaste o dinheiro mais rapidamente). Existem contas à ordem que são remuneradas e bancos que lhe dão taxas de juro um pouco mais elevadas nos depósitos a prazo. Aplique o dinheiro num produto que em que tenha liberdade de movimentação e não assuma riscos e acima de tudo veja como poupar dinheiro na sua relação bancária.

Melhores dias virão

Para muitas famílias a situação de desemprego com indemnização acabou por ser positiva pois rapidamente encontraram um novo emprego. No entanto, estas situações são sempre tensas e pontuadas por receios, especialmente se tem filhos e pessoas a cargo. Não desespere. Defina uma estratégia de procura ativa de emprego e acima de tudo ajuste o seu orçamento. Seja rigoroso e implacável no corte de custos. Tenha em atenção que existem alguns descontos e benefícios para desempregados que deve aproveitar.

partilhar

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.