Quinto mês de aumento da taxa de juro implícita do crédito à habitação

A taxa de juro implícita do crédito à habitação aumentou pelo quinto mês consecutivo para 1,051%. No mês de setembro a mesma medida tinha sido de 1,043%. Nos contratos celebrados nos últimos 3 meses a taxa de juro foi de 1,459%, no mês anterior, tinha sido de 1,444%. De notar que há um ano atrás a taxa de juro implícita na totalidade dos créditos era de 1,016%, o que  representa uma subida de 3,44%.

Considerada a totalidade dos contratos a prestação média vencida subiu 1 euro para 243€. Desde montante 19% correspondem a juros e 81% correspondem a amortização de capital.

Quanto ao capital médio em dívida, este desceu 13 € para 52 160€, para a totalidade dos contratos e para os contrato celebrados nos últimos 3 meses houve uma descida de 262 € para 99 080€.

Consulte o destaque do INE na totalidade

partilhar

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.