Saiba como Ganhamos 12% ao ano com investimentos P2PLer Mais...

Economizar na hora de comprar uma casa: dicas de como valorizar o seu dinheiro

Para aqueles que estão à procura de um novo lar ou até mesmo do primeiro lar, já devem ter feito as respectivas pesquisas para descobrirem que um dos pré-requisitos na hora de comprar uma casaé o pagamento da entrada. A entrada é um tipo de pagamento feito em dinheiro durante o início da compra ou no momento de finalização da transação, sendo que quando se trata de imóveis a média é de 20% do valor total do imóvel. É importante realizar os procedimentos de forma correta e ter certeza da intenção de compra pois em alguns casos o valor da entrada não é reembolsável se o acordo for cancelado por causa do comprador. 

De fato, ao pensar que, caso queira comprar um imóvel que valha € 300,000, já terá que “entrar” com € 60,000, soa bastante oneroso! Entretanto, o intuito de pagar a entrada é abater este valor, aliviando seu bolso do valor total que virá com possíveis juros associados aos financiamentos ou empréstimos hipotecários do banco ou outra instituição financeira onde você pretenda contratar para cobrir o restante dos custos. 

Então como economizar essa quantia consideravelmente elevada? Aqui vão algumas dicas!

Estabeleça o valor que precisa economizar e estruture um prazo

Antes de mais nada, é importante estabelecer qual o valor que você precisará economizar para conseguir pagar a entrada. É importante ser realista, minucioso e organizado, tendo em mente em quanto tempo pretende poupar, quanto do seu dinheiro já tem guardado e poderia usar como entrada, quanto pode economizar por mês e assim por diante. Felizmente, graças às tecnologias de hoje em dia, não é preciso fazer todas as contas com papel e lápis, existindo já diversos aplicativos e websites que fazem isso por você.

Crie uma conta poupança especial para a entrada

Para que não tenha o risco de misturar o pagamento das despesas e sem querer gastar seu dinheiro separado para o pagamento da entrada, torna-se muito conveniente abrir uma conta poupança especialmente para este fim. E se for possível, fazer com que a quantia que você estabeleceu para economizar todo mês, seja automaticamente depositada da sua conta principal. Assim você não esquecerá e não precisará ficar dando desculpas para si mesmo.

Organize um plano com métodos para economizar com certa flexibilidade

Agora que você já determinou quanto deverá economizar e por quanto tempo, está na hora de determinar quais os métodos que irá usar para economizar, seja para cortar gastos ou encontrar novos meios de fazer um dinheiro extra e separá-lo. 

É importante também nessa etapa ser realista e flexível, uma vez que despesas inesperadas como reparos de automóveis, despesas médicas não cobertas por seguros ou pelo governo ou até a perda temporária de um emprego, podem surgir! Um bom meio de se prevenir é criar um fundo de emergência ou planos de compensação (i.e., certas despesas que a priori você não abriria mão de cortar, mas que em caso de uma emergência você pode abrir mão de forma a compensar o gasto e poder atingir a meta de economia do mês).

Novamente aqui a tecnologia e a internet podem ser de grande ajuda! Vários sites e aplicativos trazem diversos modos criativos e convenientes de economizar! Sugestões como: ficar sem viajar por um ano, não comer fora de casa a não ser em ocasiões especiais, evitar comprar muitas roupas ou itens que você somente queira e não precise, e por aí vai! A curto prazo parecem medidas pequenas, mas a longo prazo elas poderão levar à um valor bem alto e te ajudar a comprar a casa dos seus sonhos!

partilhar

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.