Saiba como Ganhamos 12% ao ano com investimentos P2PLer Mais...

O Medo e a Ganância

Tanto haveria para falar sobre estas duas emoções, mas neste momento em que tantas pessoas perdem tanto dinheiro torna-se mandatório. É verdade o medo está aí e quase toda gente o sentiu na pele. Dia após dia (quem não saiu a tempo), viu o seu património ser delapidado sem descanso. Houve ainda aqueles que sairam a tempo e viram o fim desta crise cedo demais. 

Os mercados financeiros são conduzidos por sentimentos, sentimentos esses que se resumem a medo e ganância. Assim foi constatado ao longo dos tempos. (mais…)

Ler mais

Porque devemos cortar nas perdas!

Existe, em quase todos os investidores uma certa reticência em assumir perdas nos negócios. Seja pelo facto de estarem a assumir que erraram, seja pelo facto de ficarem na esperança de que o título recupere.

Quando não existe um Stop Loss (Ordem de venda automática a um preço estipulado previamente) tendemos a ficar na esperança que o título volte a um preço melhor do que o actual. É verdade que isso poderá acontecer. Devemos no entanto ter regras e objectivos definidos quando estamos nos mercados financeiros. (mais…)

Ler mais

O Primeiro-Ministro e a teoria do Jogo.

No passado fim de semana (sábado e domingo), o Primeiro-Ministro respondeu na TSF a questões sobre vários aspectos da vida económica. Foi notório e repetitivo ao longo da entrevista que para o Primeiro-Ministro, a Bolsa é um local de jogo e que investir em activos financeiros (acções, futuros, etc.) é de facto algo muito trivial, é apenas “jogar na Bolsa”.

Independentemente da falta de formação financeira do mais alto responsável pelo Governo, penso que este é um tipo de discurso que se revela totalmente desadequado à actual conjuntura. Num momento em que os mercados estão numa fase de turbulência, considerar a Bolsa como um casino é algo que castiga ainda mais as expectativas e confiança dos investidores, agravando de forma considerável a desvalorização das empresas. (mais…)

Ler mais