Saiba como Ganhamos 12% ao ano com investimentos P2PLer Mais...

Como Renegociar o seu Crédito à Habitação – Regime de Protecção

De acordo com a notícia avançada pelo Jornal de Negócios, “os consumidores vão contar com um regime geral de protecção no crédito à habitação.” Desta forma aproveitamos para partilhar consigo, quem pode usufruir deste regime e quais as medidas que a entidade bancária lhe pode apresentar com fim a conseguir cumprir com o seu crédito […]

Ler mais

Abono de Família – Novas Regras – Reavaliação de Escalões: Portaria n.º 344/2012

Foi publicada, em Diário da República, a Portaria n.º 344/2012 que vem estabelecer os termos e os procedimentos da reavaliação dos escalões de rendimentos e da composição do agregado familiar, sempre que se verifique alteração daqueles elementos, de que depende a determinação dos montantes do abono de família para crianças e jovens. É de referir […]

Ler mais

IRS – Benefícios Fiscais: Famílias Numerosas Pagarão Menos Imposto – Documento de Estratégia Orçamental

De acordo com o Documento de Estratégia Orçamental 2012-2016 (clique para abrir) as famílias com maior número de filhos serão beneficiadas fiscalmente visto que “ao nível do IRS simplificar-se-á o imposto reduzindo o número de escalões, as deduções e isenções, privilegiando a mobilidade social e tornando-o sensível à dimensão do agregado familiar“. Fonte: http://www.dinheirovivo.pt/Economia/Artigo/CIECO044111.html

Ler mais

Isenção das Taxas Moderadoras – Critério de Atribuição: Cálculo do Rendimento do Agregado

O rendimento do agregado familiar foi determinante na atribuição da isenção de pagamento das taxas moderadoras. Neste sentido, damos-lhe hoje a conhecer o modo que o Fisco adoptou para o calcular: “os rendimentos brutos dos sujeitos passivos de cada agregado dividem-se pelo número de sujeitos passivos desse agregado e só se esse valor for igual […]

Ler mais

IRS: apontando os estragos fiscais

Poucas serão as famílias a escapar já este ano aos estragos fiscais, inerentes ao IRS, sejam elas constituídas por trabalhadores, pensionistas e/ou aforradores. Tudo dependerá do tipo de rendimento que cada uma apresenta, da composição do agregado e das deduções normalmente feitas. Assim, sumarizamos aqui o que lhe está reservado: O seu valor de IRS subirá […]

Ler mais