Saiba como Ganhamos 12% ao ano com investimentos P2PLer Mais...

Mais-Valias Imóveis (Quota-parte)

Boa Tarde Fernando:

 

A dúvida que nos colocou foi a seguinte:

 

“Bom dia e parabéns pelo site.

 

tenho dúvidas relativamente ao preenchimento do irs , anexo G, 2008.

Recolhi uma série de informações na internet, mas que me deixam muitas dúvidas.

Passo a explicar o caso:

 

Herdei á morte do meu pai Juntamente com os meus 3 irmãos, uma pequena casa de aldeia que posteriormente vendemos, a minha dúvida refere-se ao quadro 4 do anexo G:

A realização é a data da escritura de venda que fizemos do imovel ? o valor, será o total da venda que fizemos, ou apenas a minha quota parte?

 Na aquisição, a data é a data do falecimento do meu pai ? 

o valor refere-se ao valor patrimonial ? total ou a minha quota parte ?


No quadro da identificação matricial dos bens onde devo colocar a identificação da casa,

 preencho o campo “quota parte %” ?

 

Estive desempregado em 2008, pelo que apenas recebi subsidio de desemprego,  a minha esposa também está desempregada; suponho que não terei de declarar nada, só preencho a folha de rosto e anexo G ?

 

Desde já agradeço qualquer ajuda que me possam dar. 

 

 Obrigado

 Fernando Fernandes”

(mais…)

Ler mais

Mais-Valias Imóveis (Partilhas) – 2

Boa Tarde Rui:

 

A questão que nos colocou foi a seguinte

 

“Boa tarde,

a minha questão é a seguinte:

– Em 2003 o meu pai faleceu deixando entre outras coisas uma casa (2ª habitação) que tinha adquirido, em 1972, em conjunto com a minha mãe.

– Após o falecimento do meu pai, fizemos a relação de bens e habilitação de herdeiros.

– Em 2008, eu, o meu irmão e minha mãe vendemos essa casa, que os meus pais tinham adquirido em 1972.

 

O que eu pretendo saber é se há lugar ao pagamento de Mais-Valias, qual o anexo a preencher e qual a quota-parte de cada um dos herdeiros.

 

Muito Obrigado
Rui Matos”

  (mais…)

Ler mais

Mais-Valias Imóveis (Partilhas)

Boa Tarde Maria Oliveira:

A dúvida que nos colocou foi:

“Gostaria que me ajudassem nas minhas dúvidas sobre mais valias para que possa preencher a declaração de irs .

O meu pai faleceu em 1983 a escritura de partilhas por sua morte só foi efectuadas em 2007.

No ano de 2008 foi vendido um prédio rústico da qual eu era proprietária de ½.

No anexo G terei de inserir no item realização a data da escritura e a parte do valor que me coube certo? As minhas maiores dúvidas prendem-se com o item aquisição pois não sei se a data é a do óbito ou a da escritura de partilha e também não faço ideia de qual o valor de aquisição a colocar?

Ou será que como o óbito foi anterior a 89 tenho de entregar o modelo G1?

Já agora só posso entregar a declaração  de irs no prazo dos trabalhadores independentes certo?

Muito obrigado

Maria Oliveira”

(mais…)

Ler mais

Mais-Valias pela Permuta de Imóveis

Boa Tarde Luis:

A dúvida que nos colocou foi a seguinte:

“Boa tarde

A minha avó morreu em 1981 e o meu avô em 1998. Em 1997 o meu pai com o irmão e o meu avô realizaram a partilha dos bens em que se dividiu tudo apenas pelos dois filhos.
Em 2004 o meu pai realizou uma permuta de um desses terrenos, anteriormente rústico avaliado em 2.800$00 e que quando se passou a urbano foi avaliado em cerca de 290.000€.
A permuta foi realizada no sentido de ficar com 3 fracções do edifício a construir nesse terreno e que está neste momento a ser concluído, num valor muito similar ao da última avaliação.
A dúvida é: Há mais-valias a pagar? Uma vez que não se recebeu dinheiro nenhum, foi apenas realizada uma permuta…
Obrigado.”

(mais…)

Ler mais